Um evento esportivo completo, realizado há 18 edições, para os integrantes do Judiciário Federal.

Você pode ser o próximo!

Novas filiações para participar da ONJT 2022 até 31/03.

0
Esportes
0
Atletas inscritos ao longo dos anos
0
Cidades-sede no Brasil

Este foi o resultado da Olimpíada Nacional da Justiça do Trabalho, ao longo dos seus 18 anos de existência. Fruto do desejo de promover uma melhor qualidade de vida, por meio do esporte, aos servidores públicos da Justiça do Trabalho de todo o país, a ideia foi executada em 2002 na cidade de João Pessoa, na Paraíba.

Tudo começou com servidores de quatro estados nordestinos, que conseguiram reunir 150 colegas de trabalho. Anualmente, o evento foi adquirindo novas proporções e tornou-se referência na busca de mais qualidade de vida para os servidores da Justiça do Trabalho, dentro e fora do ambiente laboral.

Em 2022, o evento receberá, pela primeira vez, atletas de outros órgãos do Poder Judiciário, como Justiça Eleitoral, Justiça Federal e Ministério Público da União.

Você terá a oportunidade de participar entre os dias 21 a 27/05, em Blumenau-SC, de um evento esportivo exclusivo para servidores públicos e competir nos seguintes esportes: 



“Participo da ONJT desde 2016, ano em que descobri a sua existência. Gostaria muito de ter participado das edições anteriores (entrei para a 1ª Região em 2013) porque amo praticar esportes, e ter uma competição anual onde podemos representar o nosso trabalho (e que ainda por cima ‘te faz’ viajar pelo Brasil) é muito estimulante. Trabalhar no TRT, sem dúvida alguma, tem um outro ‘sabor’ depois da ONJT na minha vida.” – Ana Nóbrega, atleta do TRT1-RJ em handebol e voleibol, participa dos jogos com a companhia da família. Em 2018, foi ao evento grávida. No ano seguinte, com um bebê de seis meses.

Ao participar da XIX ONJT, você...

Perguntas frequentes

Todos os integrantes da Justiça do Trabalho, Justiça Eleitoral, Justiça Federal e Ministério Público da União.

1) Os novos associados deverão integrar às delegações dos TRTs e TST já existentes.

2) Todo o processo de inscrição no evento deve ser, necessariamente, intermediado pelo representante de delegação da equipe do TRT. 

3) O atleta competirá pelo órgão de origem ou onde esteja lotado na data final da inscrição. Portanto, o atleta lotado na JF da Bahia, por exemplo, não poderá participar da delegação de Sergipe. Deverá participar pela delegação da Bahia.

4) No caso de atleta aposentado, poderá competir pelo órgão de origem ou pelo órgão do estado onde reside. No caso de atleta em teletrabalho, aplica-se a mesma regra dos aposentados, desde que oficialmente comprovada a situação remota. 

5) Os interessados precisam estar devidamente filiados à Anastra.

Clique aqui e confira a lista de contatos dos representantes das delegações.

Clique aqui e saiba como se tornar um associado da Anastra.

Após dois anos de adiamento devido à pandemia da Covid-19, será exigido o passaporte de vacinação para todos os envolvidos e serão adotados todos os protocolos determinados pelos governantes.

Sim. Para participar da ONJT, o atleta deve ser associado da Anastra, cuja mensalidade atual é R$ 25,00, e pagar a taxa de inscrição descrita no Ato Administrativo 001/2022 (disponível na página oficial do evento).

Durante os 6 dias de evento, os participantes receberão almoço gratuito. Além disso, os atletas da ONJT podem ficar hospedados nos hotéis oficiais oferecidos pela Associação e, assim, receber translado coletivo gratuito diariamente aos locais dos jogos, com horários pré-definidos. 

Uma parceria com uma empresa de transportes garante 20% de desconto no transfer de ida e volta entre Navegantes-Blumenau, para as compras feitas até 10/05.

Não. A maioria dos esportes será no SESI Blumenau. Contudo, algumas modalidades serão em outros locais, a exemplo do Atletismo, que será na cidade vizinha chamada Timbó. Os dias, horários e endereços dos locais dos jogos estão no cronograma, disponibilizado na página oficial do evento.